Precisa apresentar a Boulangerie?

Precisar, não precisa, mas é sempre bom ter uma desculpa pra falar de gordices.

Sou testemunha que se trata da padaria mais querida dos brasilienses – moro na quadra e já encontrei amigos do Sudoeste e até de Águas Claras na fila. O motivo é que a padaria, criada por um francês, é um passaporte carimbado para as autênticas boulangeries francesas: croissants, tartes de frutas, pains au chocolat, baguettes e todo tipo de delícia que atenda pelo nome de pão.

A padaria que começou pequena, na 106, depois ampliou pra uma loja apaixonante na QI 17 do Lago Sul, e por último abriu sua atual estrutura, na 306 sul. A deliciosa varanda – que era a vedete da loja e se estendia pelo jardim, com mantas de piquenique – hoje só funciona aos finais de semana, mazelas de um atendimento que ainda não tem a qualidade com que o proprietário sonha.

Mesmo com as filas e a instabilidade do serviço no local, a Boulangerie é uma parada obrigatória na hora de abastecer o café da manhã e a cesta de piquenique.

Bora?
La Boulangerie
CLS 306 bloco B loja 10
3244-1394
seg a sáb, 7h às 20h, e dom, 7h às 15h

Atualização (20/10/15)
Agora, a Boulangerie também está nos endereços:
– 212 Norte
– QI 21 do Lago Sul

7 respostas em “Precisa apresentar a Boulangerie?

  1. Sou fanzaça da La Boulangerie, apesar de achar que o atendimento não é lá grandes coisas mesmo. Sou das que se despenca do outro lado do mundo pra comprar lá e sempre que vou a Asa Sul tenho de passar pela 306. 😉

  2. O negócio não é só ir atrás de delícias francesas. O problema é que achar um pão que preste em Brasília é missão quase impossível. Por isto eu também sou dessas que me despenco até a Boulangerie e compro pão para o mês inteiro (prefiro pão descongelado a pão farelento-cheio-de-bromato). Quando vocês descobrirem uma padaria decente pros lados da Asa Norte, não deixem de avisar (não estou me esquecendo do Pão do Alemão, mas não este não resolve sempre). Abraços!

  3. Nós moramos perto e somos fregueses desde que a Boulangerie abriu a lojinha da 106, mas o atendimento sempre foi um problema ali, bem disse a Carol…

  4. Concordo com os comentários sobre o atendimento, que deveria melhorar muito. Se ficar da qualidade daqueles pães e delícias em geral, nossa, aí é que a gente se muda pra lá mesmo…

  5. Pingback: Dois em um: padoca cultural e leilão de arte | quadrado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s