A trilha dos azulejos

Estou completamente apaixonada pelo projeto que meus filhos estão seguindo este semestre na escola, A Trilha dos Azulejos.

Iniciativa de uma empresa que investe na educação, no turismo e no patrimônio de Brasília, o programa leva turmas de escolas para seguir a trilha deixada por Athos Bulcão Brasília afora. Igrejinha, Parque da Cidade, Torre de TV, Teatro Nacional… onde quer que Athos tenha deixado uma sementinha, os monitores levam a criançada ir lá colher a arte dele.

Mas a aventura não se resume a um simples passeio. Os monitores explicam o processo de criação dos azulejos de uma maneira viva, interdisciplinar, estimulante. Em pleno foyer do Teatro Nacional, em um exercício lindo que conjuga música e artes visuais, eles conduzem as crianças a visualizar nos azulejos conceitos como repetição e pausas – e entender que pode haver equilíbrio na assimetria.

Mais bacana ainda é que, em uma segunda fase do trabalho, as crianças são estimuladas a percorrer o mesmo caminho de composição estética do artista – cortando, colando, compondo e recompondo com as próprias mãozinhas. Tem que ver a beleza dos painéis coloridos que começam a surgir nos corredores da escola.

Tudo isso sem falar no material de apoio proposto na excursão. Com desenhos lindos e textos super interessantes, as crianças visualizam o mapa da cidade, encontram os lugares dos passeios, refazem os desenhos dos azulejos, pensam sobre patrimônio, arte e a cidade onde vivem.

Não é à toa que o projeto foi premiado pelo Iphan em 2009 como o melhor projeto de educação patrimonial do país. Entusiasmante e inspirador. Maravilhoso que as novas gerações de Brasília possam crescer com a consciência da importância e da beleza da cidade onde vivem.

Bora?
A Trilha dos Azulejos é iniciativa da Tríade Patrimônio, Turismo e Educação, que tem mais um bocado de outros projetos bacanas, de educação e turismo.
O site da Tríade é por aqui.
O blog da Trilha dos Azulejos é por aqui.
Além de escolas, particulares também podem organizar grupos para fazer o passeio – o que pode ser uma excelente pedida para as férias escolares, para grupos de amigos e para quem recebe turistas na cidade, por exemplo. O grupo tem que ter pelo menos 22 pessoas e a inscrição custa R$ 50 por cabeça.

foto: @danicronem

12 respostas em “A trilha dos azulejos

    • Depois vamos falar sobre os outros projetos que encontrei no site deles: tem até uma trilha que refaz a missão Cruls, acredita?! Brigada pela visita!

  1. Meu filho também foi (re)apresentado aos azuleijos na escola. Ele me pediu pra desenhar o pássaro da Igrejinha e o coloriu, quandon tinha 3 anos. Depois o levamos lá pra ver in loco. Mas o passeio realmente é muito mais legal! Bjs, Mariana.

  2. Gente, que escola é essa??
    Tenho procurado uma escola em Brasília que priorize a formação pessoal e o desenvolvimento cirativo tanto quanto a educação formal. Mas até agora não obtive sucesso…

    • Isadora, concordo: é difícil encontrar uma escola completa. Agora se prepara para a surpresa: acredita que quem inaugurou esse projeto foram as escolas públicas? Muitas já fizeram o passeio. Isso coloca nossas certezas em perspectiva, né? Beijos!

      • Nossa, que bacana! Sinto orgulho da minha cidade quando vejo iniciativas destas em escolas públicas. Dá um soprinho de esperança no futuro da nossa gente! 🙂

    • Oi Sabrina, você pode encontrar os pontos de visitação e muita informação legal no almanaque “na trilha dos azulejos”, a venda no ‘sebinho’ (406n), no ‘objeto encontrado’ (102n) ou na banca da SQS 108. Custa apenas 15 reais. Esperamos que se divirtam nesta trilha!!

  3. Pingback: Que venha com mais inspiração | quadrado

  4. Pingback: A cidade que tem tudo pra fazer | quadrado

  5. Pingback: Aviso aos navegantes | quadrado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s