É com mucho gusto que te recebo, Cuba

Cuba, não te conheço, mas te amo. Assim, culturalmente falando. O resto é por demais complexo pra gente falar agora, mas o que importa é: sua música, sua fotografia e até sua bebida – amo de coração. Como ainda não consegui chegar até você, fico muito feliz que você tenha vindo até mim.

A mostra “Cuba, Mucho Gusto”, que abre amanhã no Museu Nacional, quer trazer um pedaço do país pra cá. A produção do evento comemora “a mais completa mostra de arte cubana já vista no Brasil”, e a programação te faz acreditar na propaganda: exposições de fotografia e de artes plásticas, show, mostra de cinema com 30 títulos (inclusive infantis), além de oficinas e palestras.

Ontem, 16 artistas cubanos desembarcaram em Brasília pra ensinar alguma coisa importante pra gente. A oficina de artes gráficas será com a artista Yamilis Brito (o “Superman in Havana” ali debaixo é dela) e a de fotografia, com o diretor da Fototeca de Cuba, Nelson Ramirez (leve sua câmera!).

Foi a Fototeca, aliás, que cedeu as 130 fotos da exposição “Cuba Imagen Y Posibilidade”. São mais de 20 autores, entre eles Alberto Korda, responsável pela foto acima. A imagem mais replicada do século XX foi acidental – tirada em março de 1960, quando Che ouvia um discurso de Fidel em Havana. E apesar de ter dado lucros e mais lucros ao capitalismo, a foto nunca rendeu um centavo a Korda, que morreu em 2001 com o trabalho ofuscado por essa bendita.

Que a mostra faça, então, a gente sair da imagem comum. Buena Vista Social Club é maravilhoso, mas Cuba tem mais, muito mais.

Bora?
Cuba, Mucho Gusto
Museu Nacional
Abertura: dia 21 de novembro, às 19h30 (para convidados)
Visitação: 22/11 a 2/12, de terça a domingo, das 9h às 18h30
Exibição de filmes: terça a domingo, às 10h, 15h, 19h e 21h (nos dias 28 e 29, apenas sessões noturnas)
Inscrições para oficinas e palestras: 3325-2589
Entrada gratuita
Programação: aqui

5 respostas em “É com mucho gusto que te recebo, Cuba

      • Tive o imenso prazer de estar na abertura, o show foi maravilhoso e a mostra está muito bonita, recomendo. E mais, para quem curte carros antigos vale à pena conhecer um pouquinho do que se vê em Cuba.
        Dani as suas informações sobre o fotógrafo Alberto Korda esclareceram o porquê ele foi mencionado tantas vezes na abertura. Obrigada. Rose

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s