Trabalhar sussa (e redescobrir a cidade)

ernesto

Como está o fim de ano de vocês? Estão de férias? Eu não. Os frilas mais legais do semestre choveram em cima de mim nas últimas semanas e, ao invés de pensar em tenders e champagnes, minha cabeça está totalmente no trabalho.

Só que meus filhos não, né?, eles, sim, estão de férias. Estou então em busca de refúgios onde trabalhar tranquila – e fui buscar dicas, pra mim e pra vocês, com uma especialista no assunto: minha amiga Gabi, a pessoa mais itinerante que eu conheço.

Ela trabalha hoje aqui e amanhã em Londres – e, como todo frila precisa manter uma mínima rotina (pra não acabar trabalhando de pijama o dia todo), a dela é trabalhar nos cafés da cidade.

Incumbida de nos indicar os melhores cafés-escritórios da cidade, a Gabi abraçou a missão com preciosidade: seus critérios são simplesmente irretocáveis.

“Quando passei a trabalhar em cafés, comecei a prestar atenção em coisas que nunca tinha prestado, não só no sabor do grão, mas na ergonomia das cadeiras, o bom-humor e treinamento (ou falta deles) dos funcionários, o envolvimento do dono do buteco, a capacidade de lidar com situações surpresas”, conta ela. E foi aí, segundo a Gabi, que ela começou a descobrir uma outra Brasília, “em que as pessoas do lado de trás e da frente do balcão procuram se encontrar por afinidade, se olhar, trocar impressões, contar histórias ou não pensar em nada”.

Então, com a palavra, Gabi e os melhores escritórios-cafés da cidade. Bora lá?

1. Ernesto Café, 115 Sul – Na lista que ela me mandou, a Gabi agraciou o Ernesto Café com o primeiro, segundo e terceiro lugares, tamanho seu carinho pelo lugar. Compreende-se: o jardim é delicioso, o atendimento super qualificado e as comidinhas simples e saborosas. E o wifi não te deixa na mão.

2. Sincera Café, 112 Norte – Tranquilo e delicioso, com um bolo de chocolate imperdível. Lado ruim: só tem uma tomada disponível.

3. Pingo de Leite, 413 Sul – Trata-se de uma biscoiteria tipicamente mineira, com uma oferta impressionante de biscoitos, docinhos, bolos e tortas. Tudo lá é uma tentação. Tranquilo na maior parte do dia, é uma boa pedida pra quem precisa de uma certa dose de silêncio.

4. Balaio, 201 Norte – Badaladinho e bem localizado, pertinho da Esplanada, é uma boa pedida pra reuniões rápidas. Tem almoço self-service e café moído na hora. A quantidade de gente entrando e saindo pode ser um problema se você busca concentração.

Ela citou ainda o Grenat, na 202 sul, que é climatizado e igualmente badalado. Bom para reuniões, mas é caro e com poltronas muito baixas. O Amor aos pedaços, 304 Sul, é honesto, segundo ela, mas apertado e não tem muitas tomadas.

Pronto! Se a desculpa para procrastinar era a falta de um lugar legal pra trabalhar, agora não é mais. O risco é arrumar uma desculpa nova, como aconteceu com a Gabi: “Óbvio que os trabalhos atrasaram bastante – até porque eles passaram a ser minha desculpa para fazer parte daquele universo”.

9 respostas em “Trabalhar sussa (e redescobrir a cidade)

  1. Carol, dizer que adorei a matéria é chover no molhado. Mas, permita-me, por favor, um ajuste: o Balaio fica da CLN 201, só uns números trocados.

  2. Faltou o Senhoritas Café na 408 norte, o ambiente é uma delícia, tem cadeiras para todos os gostos.
    Fica aberto das 17h às 18h. Bom pra trabalhos e reuniões no fim de tarde.

    Tem também o Café Cristina, na 202 norte, que o café, ao meu ver, é o melhor da cidade.

  3. Por falar em frilas, queria pedir pras pessoas que trabalham com qualquer tipo de atendimento se inscreverem no http://www.profissionalemcasa.com.br
    O site é exclusivo para atendimento em domicílio, e o profissional pode escolher o horário e dias que quer trabalhar, a região do df que quer atender, seu preço e tipo de serviço.
    Começamos pelo DF, terrinha natal, mas em breve pretendemos ganhar o Brasil.
    Obrigada!

  4. Olha só, ir visitando os cafés da cidade foi minha estratégia para começar a escrever minha monografia! Fiz até uma lista com os critérios que deveria avaliar, entre eles, wifi, tomada, conforto, barulho, atendimento e preço! Inclusive tem um novo na 209 sul, que não foi citado, onde vale a pena ir trabalhar/estudar
    Pena que o dinheiro acabou e tive que migrar pra biblioteca!
    🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s