A Praça dos Cristais do Paulo Ellery

cristais

O Paulo vive garimpando as coisas lindas da cidade. É um dos mais fiéis colaboradores da nossa sessão Clic! e, com o codinome @velhum no instagram, ajuda a revelar uma Brasília diferente, fora do óbvio e cheia de delicadezas.

Foi ele quem me lembrou, pelo instagram, da existência da Praça dos Cristais, um lugar lindo e pouco explorado. Eu, brasiliense da gema, não conheço até hoje. E graças ao Paulo, vou superar essa mancha no currículo em breve.

Por que a Praça dos Cristais é o seu quadrado, Paulo?
A praça é uma obra de arte, uma arte meio surreal. Onde no mundo você vai encontrar cristais de concreto brotando de um espelho d’água? A criatividade do artista, nesse caso, Burle Marx, me fascina. É um local de contemplação, de sossego, um refúgio.

Como foi que você descobriu e se apaixonou por lá?
Foi durante uma aula de fotografia, há alguns anos. Senti uma coisa tão boa naquele dia! Assim que chegamos lá fui tomado por uma serenidade, uma sensação parecida com aquela de quando voltamos pra casa depois de uma longa viagem. Como pode existir um lugar desses em Brasília e eu não conhecer? Todo mundo tem que saber da existência dessa maravilha. Virei garoto propaganda do lugar. E foi fazendo propaganda para meus pais que descobri a razão de tanta afinidade com a praça: durante alguns anos da minha infância morei no Setor Militar Urbano e aquela era a minha praça, o meu quadrado. Juro que não lembro desses dias, mas meu coração, esse com certeza não esqueceu e voltou a ser o coração de uma criança quando voltou pra lá.

Quando e como é melhor ir?
Todo dia é dia. Costumo ir no final da tarde pra ver o pôr do sol, a luz dessa hora transforma os cristais de concreto em ouro. Ainda quero ir também pra ver o sol nascendo por trás do Quartel General, mas isso exige um pouquinho mais de programação. Vá de bicicleta, de carro, de ônibus, leve seus filhos e convide os amigos.

Bora?
A Praça dos Cristais fica no Setor Militar Urbano. Indo pelo Eixo Monumental, é só virar à direita na Avenida do Exército (depois do Memorial JK).

E você? Também quer colaborar com a gente? Mande sua sugestão pro nosso email (quadradobrasilia@gmail.com), que a gente entra em contato!

3 respostas em “A Praça dos Cristais do Paulo Ellery

  1. Além de lindo, o lugar é tranquilo e seguro. Pelo menos dois guardas permanecem no local ao longo de todo o dia/noite. E as opções do que se fazer lá são múltiplas! Há quem goste de ir para contemplar o belíssimo trabalho de Burle Marx. Outros gostam de ir para namorar. E eu já vi até quem chegou abrindo suas cadeiras dobráveis para jogar dominó com os amigos, e um casal que levou velas e champanhe para um piquenique romântico sob o luar.

  2. Olha que sintomático: é o segundo “O meu Quadrado” consecutivo que destaca uma obra do Burle Marx. Tomara que um dia todos percebam que é na obra e no pensamento de Burle Marx que pode se encontrar a boa Brasília que queremos. Tomara que um dia recuperem lugares fascinantes como a Praça das Fontes, no Parque da Cidade, hoje relegada ao mais triste abandono… Viva Roberto Burle Marx (que era um ano mais jovem que Oscar Niemeyer…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s