É disso que a gente está falando

donjon

Vocês lembram, né? Do tanto que a gente esperneou aqui por causa do Vivo Open Air. Nada contra o open air, nada contra o patrocinador, e tudo contra o festival pensar em tudo menos em cinema.

Pois agora temos aí o Biff, o Festival Internacional de Cinema de Brasília, que está se firmando, em sua segunda edição, como uma janela mais que promissora para o que está sendo feito de melhor no cinema do mundo.

Entre os filmes que ocupam a partir de hoje as salas do Liberty Mall e um espaço do Museu Nacional, estão uma cópia rara de “Don Jon”, de Joseph Gordon-Levitt – que depois de selecionado para o festival foi reeditado pela distribuidora. E entre as grandes pré-estreias… o aguardado “Antes da Meia Noite”, fechando a trilogia que faz suspirar a minha geração de românticos.

Filmes de todas as partes do mundo – que além de mostra competitiva, compõem mais três mostras, com filmes sul-americanos, independentes dos Estados Unidos, a criativa mostra Krisis, com a visão da sétima arte para as primaveras todas ao redor do mundo, um panorama do cinema africano e uma mostra de filmes animados.

Como a organizadora do festival disse ao jornal Metro de hoje, é menos glamour e mais cinefilia. E é isso mesmo que a gente quer.

Bora?
A programação completa do BIFF está aqui.

2 respostas em “É disso que a gente está falando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s