Faxina na vida

roupas

O melhor de mudar de casa é que você tem a oportunidade perfeita pra se livrar de tudo o que não presta, não te serve ou simplesmente você não quer mais. Foi o que eu fiz. E descobri que havia cinco caixas grandes, dessas de mudança, atrapalhando a minha vida. Como eu conseguia viver com tudo aquilo no meu caminho?

Classifiquei tudo o que não me servia mais em três categorias: lixo, doação e coisas-que-dá-dó-mas-eu-tenho-que-dar-pois-não-uso-mais. Encaminhei as duas primeiras caixas para seus devidos fins e com a terceira fiz um bazar-relâmpago com minhas irmãs.

Juro: tenho a impressão de que se a gente fizesse isso com mais frequência com as amigas eu nunca mais precisaria comprar roupa na vida.

Mas, claro, nem tudo se aproveita. Sobrou uma mala inteira de peças que ninguém quis – algumas, muito boas. E agora? Contrariando os que me disseram que “deixar em brechó é muito complicado”, passei no Peça Rara – e achei simplérrimo.

O brechó tem quatro lojas em Brasília. Eles pegam absolutamente de tudo – de móveis a roupas legais, de livros a brinquedos de criança. Eles exigem que as peças estejam em perfeito estado, sem furos nem rasgos, e que esteja tudo limpinho.

As responsáveis pela triagem escolhem o que gostam e determinam um preço – metade fica pra eles a outra metade é seu. Você não vai fazer nenhuma fortuna, mas fala sério: se livrar de um monte de coisa que você não usa e ainda ganhar um dinheirinho? Tá bom demais, não tá não?

O esquema é em consignação – eles só te pagam quando a peça for vendida. De tempos em tempos eu devo ligar para saber quais das minhas peças ganharam casa nova. Eles consultam meu CPF, veem o quanto me devem e, como meu banco é o mesmo do deles, a grana vai cair direto na minha conta – pode ser mais simples?

Pra mim, uma das melhores notícias foi saber que eles têm um convênio com uma entidade assistencial, para onde encaminham as peças não selecionadas para o brechó. Ou seja, se você quiser, pode deixar sua mala inteira de trecos por lá – o que não for para as araras, vai para a caridade. Pra quem está tentando se livrar de uma mala de roupas antigas, é uma mão na roda.

Único perigo: o brechó é uma fofura. Com preços convidativos. O risco é você chegar lá querendo fazer um dinheirinho com suas coisas e acabar deixando suas economias por lá mesmo.

Bora?
Brechó Peça Rara
CLS 408, CLS 307 e CLN 204
A triagem das peças acontece na loja da CLS 408. Para fazer a triagem, é preciso marcar hora pelo 3242-6701. (Mas se você não fizer questão de estar presente na hora da triagem, pode deixar as peças lá a qualquer momento. Eles te encaminham um email depois com a lista das que foram selecionadas.)

4 respostas em “Faxina na vida

  1. Além do Peça Rara (bem bom) conheço outro que é uma maravilha, o “Comprei em Paris”, fica na 308 sul. Tenho levado minhas coisas lá, vende bem mais rápido. Bjks.

  2. Que bueno Carol! Ya llega mañana mi mudanza. Así qué haré lo mismo.
    De hecho hay cosas que vienen directas para donar ala iglesia.
    Un beso y suerte en tu nueva casa. Os queremos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s