Cansaço profundo e preguiça eterna

betania lp

De quem usa aquele tom de voz dos oráculos da sabedoria universal para falar coisas banais e sem senso de humor (e ainda rola um olhar de expectativa de aplauso);

De quem nasceu desprovido de semancol e estufa o peito para criticar atitudes que são mais suas do que alheias;

Dos histéricos, que berram o tempo inteiro por atenção e acreditam que a velocidade das palavras e o volume da voz são diretamente proporcionais à qualidade do que dizem;

De quem quer levar vantagem em tudo e adora dar um caô, se fazer de doido ou puxar o saco (com algumas pessoas, funciona);

De quem pulou a aula de autocrítica e passa pela vida sem qualquer percepção dos próprios defeitos e limitações;

Dos que destilam ódio na internet, sob o manto confortável e covarde do anonimato;

Dos homofóbicos, machistas e racistas, que não conseguem enxergar o tamanho da própria ignorância e da falta de amor em que vivem;

Dos militantes que acreditam que, se você não milita, é homofóbico, machista e racista;

De quem reclama de tudo e de todos, mas não age, não faz, não melhora;

De quem acha que só os outros são manipulados;

Dos vampiros da noite, que desfilam glamour enquanto sugam toda a sua energia;

De quem vive de imagem e não sabe distinguir a mentira do real, a euforia da felicidade – se preocupam tanto em mostrar que se esquecem de ser;

Dos que dividem o mundo entre bonzinhos e mauzinhos, PT e PSDB, corruptos e honestos, ogros e unicórnios;

De quem não fica, nem vai embora;

De mim mesma, que às vezes perco o meu tempo me incomodando com as pessoas acima.

Anos atrás, um produtor cultural da Bahia que produzia um show da Maria Bethânia contou a um amigo meu a seguinte história, que renderia um bordão para a vida toda: estava Bethânia ensaiando no palco, cuja cenografia lembrava o fundo do mar. Com um copo de uísque na mão, a diva se irritou com problemas técnicos e soltou a bomba. “Isso aqui não é o marrrrr, eu não sou peixe, e eu não tô boa!”.

Este post é uma homenagem a ela, rainha Bethânia.

13 respostas em “Cansaço profundo e preguiça eterna

  1. vixe, hora de providenciar mexerica descascada!! 🙂 adorei o manifesto-desabafo e o bordão de Bethânia é algo para ser usado a vida toda. ❤

  2. Amei!!! Eu até estava mal humorada, mas fique feliz com a demissão do jornalista Ulisses Campbell da Veja Brasilia. Vocês deveriam fazer um post sobre isso. Menos um na praça para falar mal da cidade que a gente tanto ama.

  3. Pingback: Tema da festa: Música – 42 ideias para você arrasar | Ideias Lindas

  4. Pingback: Tema da festa: Música – 42 ideias para você arrasar | Sabrina Mix | por Sabrina Nunes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s