O clique – e o que está por trás dele

perspiration

Primeiro você tem uma ideia. Uma ideia maneira. Você gosta dela, resolve apostar, realizar. Papel em branco, panela e ingredientes, tela do computador – tudo pronto. Primeiros traços, primeiras linhas e aí… nada sai exatamente como você tinha pensado. E você, adivinha?, desiste.

Quantos milhares de projetos você já não abandonou nesse estágio? Eu, muitos. No ano passado, pela primeira vez, eu terminei um projeto. Terminei bem terminadinho. Terminei e mandei pra gráfica e distribuí e tive a alegria de celebrá-lo com centenas de crianças, como vocês sabem.

E sabe de uma coisa? A melhor parte da minha ideia – quem leu A Rua de Todo Mundo sabe qual é – não existia quando eu quis escrever um livro sobre multiculturalismo. Ela só nasceu no meio daquela loucura de textos, madrugadas, desenhos, retoques – quando eu já estava escrevendo o livro.

Toda ideia legal é fugidia, mutável, maleável. O que tem de transformadora, tem de transformável. Mas ela nunca, nunca mesmo, cai pronta do céu – ela só nasce com muito trabalho em cima. Trabalho e informação.

Estou contando tudo isso porque Brasília recebe mais uma vez, em maio, o curso Processo Criativo. Uma grande oportunidade pra quem quer dar um empurrãozinho na criatividade, entender seus caminhos, seu funcionamento e fazer andar os projetos que estão há tanto tempo no fundo da gaveta.

Aqui você lê mais sobre o curso e aqui, uma entrevista bacana com Charles Watson, o professor que tem uma fama inspiradora e polêmica – adorado por uns, temido por outros – e que parece agregar muito mais do que o óbvio no assunto criatividade. O curso não é lá muito barato – mas quem já fez assegura que vale a pena.

Quer participar mas está sem grana? Boa notícia: o Quadrado tem uma vaga para sortear. Comente aí, com seu nome e uma forma de contato, e-mail ou telefone.

Boa sorte! – e boas ideias!

Bora?
Processo Criativo – módulo II
De 8 a 10 de maio, no Instituto Cervantes
SEPS 707/907, lote D
Inscrições: R$ 480 (em até doze vezes)
Informações: processocriativo@virginiamanfrinato.com.br, 9974-4633 e 8188.2757

84 respostas em “O clique – e o que está por trás dele

  1. Eu quero muito menias Quadrado Brasília. Eu sou fotógrafo e moro em formosa. Já fiz alguns workshop com o Charles e sou apaixonadoooo. Gostaria muito de ganhar e ter a oportunidade de fazer mais esse. E esses são os meus contatos. 61-98286697 helvioaraujoart@gmail.com

  2. Pingback: Alô, Mariana Santiago! | quadrado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s