Tem filme e tem – muito – agito

Confesso que estou até um pouco assustada – até eu, que curto o agito que acompanha o Festival de Cinema de Brasília. Este ano tenho visto tanto evento paralelo que estou com um pouco de medo do cinema acabar sendo um detalhe nisso tudo.

A praça de alimentação do Festival, este ano, está a cargo do Quitutes. E amanhã já rola Cineme-se ali mesmo, na praça de alimentação. No mesmo espaço, no domingo que vem, a Quero Melancia lança sua nova coleção inspirada na Missão Cruls, que marcou o quadrilátero do Distrito Federal (uma história linda e uma coleção mais ainda, mas eu volto ao assunto). No findi, tem ainda a Contraplano, a mais oficial das festas alternativas do Festival de Cinema.

Tirando isso, tem, parece, um monte de filme nacional muito massa concorrendo no Festival. Este ano, a marca é a diversidade: cada um dos seis longas vem de um estado diferente. Entre os médias e curtas, a galera de Brasília está doida para assistir o filme sobre Afonso Brazza. Tem filme de Walter Carvalho pra abertura e de Mauro Giuntini pra cerimônia de encerramento, sem falar no Festivalzinho.

É o começo oficial da semana mais legal do ano. Cinema – e agito – é o que não falta.

3 respostas em “Tem filme e tem – muito – agito

  1. Pingback: A vida lá fora | quadrado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s