Hora da colheita

O carro na frente do meu freia e encosta de repente, em um dos retornos do eixão. Quando as curvas da tesourinha me levam perto de onde ele estacionou, percebo: o motorista desceu do carro e está cutucando uma árvore.

Uma mangueira, carregada de frutas que começam a amadurecer. Não é meu primeiro flagrante. Perto da minha casa tem uma amoreira que tem quase mais criança pendurada do que amora.

Trinta por cento das mais de cinco milhões de árvores que povoam Brasília são frutíferas – dos pés nativos cagaita, ingá, jenipapo e pequi aos exóticos e super bem-adaptados abacateiro, mangueira, amoreira, pitangueira. Nessa época do ano, basta olhar pro lado para encontrar alguém reivindicando o que lhe cabe nesse latifúndio.

Na 206 sul tem uma goiabeira famosa, perto da escola classe, que faz a alegria dos alunos. Mas, no Plano Piloto, boa parte dessas delícias estão concentradas dentro do Parque da Cidade. Pedalinho, corrida e parquinho você já tentou, mas… já colheu fruta no pé? Pois devia. Quem tem o hábito lembra que, soltas aí nos nossos canteiros-quintais, nossas frutíferas são autenticamente orgânicas, sem agrotóxicos – e seus frutos, mais saborosos e suculentos.

Não há almoço grátis, dizem os capitalistas. A menos que você more em Brasília, completo eu. E goste de almoçar frutas.

Bora?
Em qualquer canteiro perto de você.
Olha a época das frutas mais frequentes:
Manga: novembro a fevereiro
Amora: janeiro a março (mas na minha quadra já tem umas que hmmmm…)
Cagaita: setembro a outubro
Abacate: janeiro a agosto
Jaca: janeiro a março
Tamarindo: janeiro a março
Cajá: abril a janeiro

Para quem se empolgou e quer plantar árvores frutíferas, existem regrinhas a serem seguidas: não se deve plantá-las muito perto de prédios, por exemplo, já que elas atraem morcegos e mosquitos. Para tirar as dúvidas, fale com a Novacap no 3403-2300.

4 respostas em “Hora da colheita

  1. E pitangas, também no Parque da Cidade e no Coutry Club. Minha frutinha preferida é difícil de encontrar, mas eu sei que até restaurante na cidade vai atrás dela no “parque piton” (olha eu entregando a idade!

  2. Pingback: Motivos pra voltar | quadrado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s